Histórico‎ > ‎

Semana Global de Ação Contra a Violência Armada

postado em 20 de ago de 2012 07:33 por Administrador SERPAZ   [ 22 de mar de 2015 17:59 atualizado‎(s)‎ ]
Liturgia para Domingo, 17 de junho de 2012

A violência armada mata 747.000 pessoas no mundo por ano. Para cada pessoa morta por arma existem 10 pessoas feridas por armas. 2 de 3 pessoas mortas por armas de fogo viviam em países que estão "em paz". 1 milhão de armas são reportadas roubadas cada ano em todo mundo. 2 balas por pessoa são produzidas por ano. 1 em 10 pessoas possuem armas.

Estes são alguns dados sobre a violência armada no mundo. Em julho deste ano (2012) os países membros das Nações Unidas irão negociar um Tratado sobre o Comércio de Armas (TCA). A sociedade civil e as igrejas estão conclamando os governos para assinarem um tratado que no mínimo, deverá estabelecer que nenhuma transferência internacional de armas e munições possa ocorrer se houver risco substancial que o armamento será usado em graves violações do direito humanitário internacional ou do direito internacional dos direitos humanos, ou venha a minar a redução da pobreza e o desenvolvimento sócio-econômico.

Uma maneira muito eficaz de pressionar os governos para elaborarem um tratado com este enfoque é fazer com que ouçam as vozes das pessoas reais que sofrem as consequências deste comércio irresponsável e tráfico ilegal de armas. Por isso, estamos abrindo aqui um espaço para acolher depoimentos pessoais ou comunitários, verídicos (não nomeie pessoas) sobre o impacto que este tráfico ilegal de armas tem na sua vida pessoal e/ou comunitária e como um tratado forte e eficaz poderá proteger vidas e comunidades . Estes depoimentos serão colocados no site da campanha ecumênica do Conselho Mundial de Igrejas e também no site do Control Arms e mostrados aos governos, assim trazendo a sua voz para se unir com milhares de outras vozes conclamando aos governos para assumirem mais responsabilidade e controle sobre o comércio de armas.